Rendez-vous em Mayotte

  • Hôtel Le Jardin Maoré, Kani Kéli (Grande-Terre)

    Hôtel Le Jardin Maoré, Kani Kéli (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Base nautique sur la plage de Sakouli (Grande-Terre)

    Base nautique sur la plage de Sakouli (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Ilot de sable blanc du Nord

    Ilot de sable blanc du Nord

    © Atrout France / Pierre-Yves David

  • La côte vers Mtsamoudou (Grande-Terre)

    La côte vers Mtsamoudou (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Coucher de soleil, Mtsamboro (Grande-Terre)

    Coucher de soleil, Mtsamboro (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Panorama du mont Combani (Grande-Terre)

    Panorama du mont Combani (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Gîte de Combani (Grande-Terre)

    Gîte de Combani (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Le marché de Mamoudzou (Grande-Terre)

    Le marché de Mamoudzou (Grande-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

  • Le lac Dziani (Petite-Terre)

    Le lac Dziani (Petite-Terre)

    © Atout France / Pierre-Yves David

Rendez-vous em Mayotte 976 Mamoudzou fr

Mayotte é a ilha mais meridional de Comores, situada no Canal de Moçambique, a sudoeste do Oceano Índico.

Pedaço de terra entre a África e Madagascar, Mayotte oferece abundantemente uma fauna endêmica acentuada e uma flora original.

Baobás, tulipeiros do Gabão ou ainda Takamakas espalham-se pelas florestas húmidas e secas. Podem ser vistos também o ylang-ylang e as magníficas orquídeas selvagens das quais existem quase 50 espécies em Mayotte, entre as quais a baunilha.

A fauna selvagem diversificada e permanente é surpreendente: o maki, espécie de lemure próprio de Mayotte ou ainda o roussette, morcego imponente que percorre os céus tanto de dia como de noite.

Para descobrir estas riquezas, um trilho de grande caminhada com cerca de cem quilómetros serpenteia o contorno da ilha e oferece a possibilidade de admirar panoramas suntuosos, de descobrir uma história geológica apaixonante, de mergulhar no coração da natureza maoré e de contato com um povo caloroso…

Um dos principais encantos de Mayotte reside na sua barreira de corais que delimita uma das maiores lagunas fechadas do mundo. O fenómeno de dupla barreira é uma curiosidade da laguna de Mayotte. Ao abrigo da fúria do oceano, a laguna é um local seguro de calmo para a fauna e a flora variadas.

Verdadeiro aquário natural no qual coabitam harmoniosamente pequenos peixes multicoloridos e mamíferos marinhos imponentes, a vida submarina oferece uma visão exuberante.

No capítulo das emoções fortes, Mayotte oferece também um dos mais belos espetáculos da natureza: o das baleias-jubarte que ensinam os rudimentos da vida aos seus recém-nascidos.

Várias espécies de golfinhos estão presentes no interior e no exterior da laguna. Alguns convidar-lhe-ão ao seu baile aquático, outros grupos partilharão a sua sinfonia. 

Mayotte é também um lugar privilegiado para a observação das tartarugas marinhas. Nadar na sua companhia ou assistir a uma postura são instantes tão emocionantes no programa de descoberta da ilha na laguna…

Sociedade com várias caras, Mayotte herdou um mosaico de culturas: africana, persa, oriental, malgaxe, europeia e árabe. Esse cruzamento de vários mundos e civilizações forjou una cultura rica e autêntica. Assim, as manifestações religiosas, culturais, folclóricas ou desportivas são numerosas em Mayotte, onde é cultivado um verdadeiro sentido da festa. 

Os incontornáveis

  • A reserva natural de Saziley
  • As ilhotas Choazils e M’tzamboro
  • O Monte Choungui
  • A reserva da Passagem em “S”
  • A barreira de colinas de Combani e seus campos de ylang-ylang

Informações úteis

  • Cidade principal: Dzaoudzi.
  • Formalidades de entrada: Para os cidadãos da União Europeia, do Espaço Económico Europeu e da Suíça não há nenhuma exigência de visto. Basta um bilhete de identidade ou um passaporte dentro do prazo de validade.
  • Fuso horário em relação à Paris: + 2 horas no inverno, + 1 hora no verão.
  • Moeda: Euro.
  • Clima: Tropical úmido.
  • Temperatura média: 25°C.

Acessos

Para chegar à Mayotte, o mais simples é fazer uma escala na Ilha de Reunião, ligada à Paris duas vezes ao dia pelos voos da Air France.
A ligação Reunião - Mayotte é realizada pela Air Austral, que serve a ilha junto com a Kenya Airways via Nairóbi, Comores Aviation e - com frequência menor - a Air Madagascar.
A companhia Corsairfly serve também a ilha durante as grandes férias escolares de julho-agosto e dezembro.

 

Related videos

 
 

Sponsored videos