Rendez-vous na Lorena

  • © M. Laurent / CRT Lorraine

  • © M. Laurent / CRT Lorraine

  • © M. Laurent / CRT Lorraine

  • © M. Laurent / CRT Lorraine

  • © Walygator Parc

  • © M. Laurent / CRT Lorraine

Rendez-vous na Lorena 54000 Nancy fr

Rodeada pela Bélgica, Luxemburgo e Alamenha,  Lorena é um ponto estratégico que se destaca pela tranquilidade. Não faltam razões para visitá-la!

Aos apaixonados pela arquitetura e pela arte, recomendamos Mirecourt, Bar-le-Duce e Epinal.

Para quem gosta de caminhar, o Parque Natural Regional de Lorena e a reserva de Bitche oferecem percursos por entre lagos, florestas e vales. As fontes também merecem visita. Vale a pena conhecer e hospedar-se nas estâncias termais de Contrexéville ou Vittel.

Local onde a critividade impera, você encontra trabalhos de rendas, esmaltes ou faianças e cristal.

A arte nova chegou a Nancy por impulso de Emile Gallé, mestre vidreiro. No museu-escola da cidade estão as obras de Gallé, Daum e Majorelle. A arte nova pode ser encontrada também fora dos museus, nas ruas, exposta nos vitrais de um prédio ou nas fachadas de uma cervejaria, ponto-de-encontro por excelência. Você não poderá deixar esta região sem provar a quiche Lorraine, a tarte salgada, conhecida pela sua harmoniosa conjugação entre tiras de toucinho, ovos e natas.

Não deixe de conhecer

Epinal, Metz, Nancy e Verdun: cidade de Lorena que o surpreenderá  com o seu patrimônio artístico, cultural e histórico.

Os ofícios da arte: o cristal, as faianças, a imagens de Epinal.

Os 3 Parques naturais regionais: Lorraine, Vosges do Norte, balões dos Vosges.

4 700 km de vias navegáveis com famosa planta inclinada de Saint-Louis-Arzviller, verdadeiro elevador de barcos.

Lugares históricos em Lorraine: Verdun, a linha Maginot através de toda a Lorraine.

As estâncias termais: Vittel, Contrexéville, Amnéville, Plombières e Bains-les-Bains.

A herança patrimonial de Stanislas, duque de Lorraine pode ser admirar em Nancy e nos seus arredores: castelo de Haroué, de Fléville.

As catedrais de Lorraine e a famosa de Metz.

Os mais de 100 jardins, incluindo o de Berchigranges, de Haut Chitelet.

O parque de lazer de Sainte-Croix, ótimo para passeios.

No coração das colinas de Verdun estão as marcas de milhões de máquinas (de guerra) que marcam uma época.

Foram mortas mais de 300 000 pessoas e cerca 400 000 ficaram aleijadas para toda a vida.

Linha Maginot, com o nome do Ministro da Defesa e Forças Armadas da época, é uma linha de fortificação construída pela França ao longo da fronteira, devido à guerra.

A região fortificada de Metz é considerada  perfeita. Podem ser visitados os locais de Fermont, Simserhof, os fortes de Michelsberg, de Hackenberg ou ainda forte Casso.

A obra de Fermont: verdeira cidade subterrânea abrigava em 1940 mais de 600 homens. Smerhof oferece hoje uma impressionante vista da Linha Maginot. Uma visita que dura 3 horas e permite conhecer locais  marcados pela dureza da história,  bem como consultar imagens de arquivo sobre o destino trágico desta edificação e patentes ao longo do percurso. As projeções cinematográficas restituiem a intensidade dos combates de 1940.

 

Metz

Dê um longo passeio pelas fortificações e pelo rio Mosela. Descubra as inúmeras riquezas: catedral de Saint- Etienne, os museus de Cour d'Or, a praça de Saint Louis que remonta à idade média. Perca-se nas praças de Comédie, Saint-Thiébault e Place des Armes que apresentam uma arquitetura característica do século XVIII. A praça da estação caracteriza-se pelo seu toque de modernismo ao ser ilustrada por artistas contemporâneos.

 

Nancy

Esta cidade que remonta à idade média foi, no século XVIII, enriquecida com uma bela praça - uma das mais notáveis da Europa, hoje na lista do Patrimônio Mundial da Unesco.

Na mudança do século XX, Nancy tornou-se a alma da arte europeia, produziu artistas excepcionais como Gallé, Daum ou Marjorelle.

 

Gastronomia

Na Lorena e a volta de Nancy, a cozinha é feita de várias maneiras: em pote, conserva, paté, geleia e até aguardente. Tratam-se de verdadeiros testemunhos da gulodice patente nesta região! 

Os ingredientes são vários, com misturas sublimes de produtos da terra e da caça, charcutaria, peixes, cogumelos dos bosques.

Existe também uma larga variedade de bebidas: aguardente de Mirabela, Clair de groselha, Perlé de ruibarbo.

Se for guloso por doces não pode deixar de provar o mel da região dos vosgues, o pão de especiarias e os famosos mel conhecidos e apreciados em todo o país.

Se amante do campo ou da cidade, esta região tem muito para lhe oferecer!

 

Related videos

 
 

Sponsored videos