“Paparazzi! Fotógrafos, estrelas e artistas” no Centro Pompidou-Metz

De 26 fevereiro 2014 a 09 junho 2014
  • Agencia Pierluigi. Fotógrafos esperando Anita Ekberg na passarela do avião em 1959

    Agencia Pierluigi. Fotógrafos esperando Anita Ekberg na passarela do avião em 1959

    © Coleção Michel Giniès / Atribuido a Pierluigi Praturlon / DR

  • Jean Pigozzi, Mick Jagger e Arnold Schwarzenegger, Hotel du Cap, Antibes, França, 1990

    Jean Pigozzi, Mick Jagger e Arnold Schwarzenegger, Hotel du Cap, Antibes, França, 1990

    © CAAC, The Pigozzi Collection

  • Ron Galella, Jackie O. and Ron, New York, 1971

    Ron Galella, Jackie O. and Ron, New York, 1971

    © Ron Galella / A. Galerie

  • Daniel Angeli (Liz Taylor)

    Daniel Angeli (Liz Taylor)

    © Daniel Angeli

“Paparazzi! Fotógrafos, estrelas e artistas” no Centro Pompidou-Metz 1, parvis des Droits de l’Homme 57020 Metz fr

O Centro Pompidou-Metz dedica uma exposição multidisciplinar sem precedentes ao fenómeno da estética da fotografia dos paparazzi, através de mais de 600 obras (fotografias, pinturas, vídeos, esculturas, instalações ...). 

Percorrendo meio século de fotografias de estrelas, a exposição realiza uma análise da profissão de caçador de imagens, abordando as relações fascinantes e complexas que existem entre fotógrafo e celebridade.

Ao associar os maiores nomes da disciplina , como Tazio Secchiaroli, Ron Galella , Rostain e Mouron com obras de Richard Avedon, Raymond Depardon, Yves Klein, Gerhard Richter, Cindy Sherman ou Andy Warhol, que perguntaram sobre este mito moderno, a exposição tem como ambição definir as características de uma estética dos paparazzi.

Em 1960, em La Dolce Vita, Federico Fellini inventou a figura dos "paparazzi", combinando as palavras " pappataci " (pequenos mosquitos) e "ragazzi" (jovens). Esta prática, que consiste na perseguição de uma pessoa famosa por um fotógrafo para roubar uma imagem, existe assim há meio século. Desde então, o "paparazzo" , uma espécie de herói pós-moderno, tornou-se uma figura mítica na imprensa popular.

Os objetivos são na sua maioria encarnações da feminilidade através de diferentes épocas: Brigitte Bardot, Jackie Kennedy-Onassis, Liz Taylor, Stephanie e Caroline de Mónaco, Paris Hilton, Britney Spears... No entanto as celebridades defendem-se, recusando-se a ser fotografadas e às vezes até mesmo agredindo os seus perseguidores. Por outro lado, também podem seguir o jogo do fotógrafo, mostrando-se até mesmo cúmplices.

Desde os anos sessenta e setenta, as atitudes dos caçadores de imagens para os tablóides fascinam muitos artistas que, ao desenvolver um projeto, procuram entrar na pele dos paparazzi.

Tarifas

Diferentes preços: 7€ / 10€ / 12€