Caminhadas entre mar e montanha na Riviera Côte d'Azur

  • © Atout France/Emmanuel Valentin

Caminhadas entre mar e montanha na Riviera Côte d'Azur 06000 fr

 

Na região Côte d’azur, desde o litoral mediterrâneo à alta montanha, 6500 km de trilhos sinalizados esperam por si, para todos os níveis e todos os tipos de excursões. 

As aldeias empoleiradas da Côte d'Azur
Desde as praias do Mediterrâneo, de costas viradas para o mar, consegue vê-las em equilíbrio nas falésias. São mais de cem no total, nos 163 municípios da região Côte d'Azur. Todas, sem exceção, são locais da história política, militar - Vauban multiplicou as muralhas nesta região - económicas, religiosas e artísticas dos Alpes Marítimos... Cada aldeia recebeu grandes nomes do nosso património: Nietzsche em Eze, uma das jóias destas aldeias; Saint-Exupéry ou Camus em Cabris; Eluard, Picasso, Cocteau e Man Ray em Mougins; Chagall, Montand, Signoret, Prévert em Saint-Paul-de-Vence; Brea no Alto País de Nice. Provavelmente porque, mais perto do céu e com o paraíso que ocorre na parte inferior, sob os olhares atentos, a imaginação é mais fértil. Então, quando a luz é pura nem que seja com nuvens ameaçadoras, não tenha medo de ser encorajados a explorar a altitude da Riviera e verticalizar itinerários passando por Tourrettes sur Loup com cheiro à violetas ou St Jeannet situado no sopé de Baou.

Desde Cannes, pode subri até Grasse, passando por Mougins e Cabris e descobrir o seu ponto de vista sobre o Estérel e o lago de Saint-Cassien

Cada vale tem o seu leque de pérolas, cada uma absolutamente única.

As Gargantas de Loup escondem Gourdon, verdadeiro balcão da Côte d'Azur onde saltam os amadores de queda livre mas também Cipières.

É em Tinée que precisa ir se é amador de vertigens descobrindo Bairols, que promete o paraíso se der a volta... sem cair! Em Entrevaux, mais alto ainda, fica com um pé na Idade Média.

Em Roya, sete igrejas, cuja uma inclui um órgão italiano classificado monumento histórico, pontuam a vida de Saorge enquanto que Tende abre o Vale das Maravilhas, e o povoado de Granile, enterrado nas entranhas da montanha, esconde frescos em trompe-l'oeil raros.

No vale de Paillon, Luceram e suas sete capelas e, a cada Natal, centenas de presépios, mas também Peille, classificado entre os mais belos locais de França, onde havia uma forca e, muito mais tarde um espaço para o poeta rebelde Léo Ferré.

Sente o poder de Roma perto de Eze descobrindo o troféu de Auguste à la Turbie, onde poderá ter a vista mais espetacular sobre o Manhattan da Côte d'Azur, o Principado de Mónaco, suas torres e também, um palácio empoleirado no rochedo.

Passeios ao longo dos cabos e à volta das ilhas
Passeie ao longo da costa. Deixá-lo compreender a beleza da paisagem. Os seguintes limites esboço, Cap Martin, Cap d'Ail, Cap Ferrat, trilhas costeiras Cap d'Antibes ... as ilhas de Lérins que inspiram paz e beleza ... Não perca também as fortificações, faróis, casas literalmente na água ...

Passeie ao longo do litoral. Deixe-se seduzir pela beleza das paisagens. Os caminhos do litoral seguem o contorno dos cabos, Cap Martin, Cap d’Ail, Cap Ferrat, Cap d’Antibes… as ilhas de Lérins inspiram paz e beleza... A não perder também as fortificações, os faróis, as casas quase em-cima da água... 

Le Cap Martin
3 km, 45 minutos de uma vegetação tipicamente mediterrânea composta de giestas, mirtos, pistáchios, pinheiros de Alep... tal se apresenta o caminho a beira-mar. Convida a partir nos passos de Nietzche e sobretudo de Corbusier, e descobrirá no caminho o seu conceito arquitetural de “Cabanon”.

Le Cap d'Ail
3,6 km, um magnífico trilho de interpretação liga a praia de Mala à praia Marquet. Este passio à beira-mar de cerca de 1h permite descobrir as riquezas da flora, a geologia e a arquitetura das casas “belle époque”.

Le Cap Ferrat
11 km de trilhos costeiros (cerca de 2h30) para a volta da península dos milionários, verdadeiro local de paz com casas sumptuosas. A não perder: la promenade de la Sainte hospice (45 mn) rodeada de pinheiros de Alep. Um outro caminho (cerca de 1h) liga Lilong à praia de passable e vai ter ao porto de Saint-Jean pelo caminho de Roy, junto a antiga propriedade do Rei Léopold II de Bélgica. 
2 visitas incontornáveis em St Jean Cap Ferrat e Beaulieu: a Villa Ephrussi de Rotschild e a Villa Kerylos.

Le Cap d'Antibes
Um passeio costeiro excecional de 2,7 km (cerca de 1h30) ao longo de uma costa selvagem. Bordada de pinheiros de Alep, este trilho permite descobrir a ponta Sul da península entre Antibes e Juan-les-Pins e seu santuário de Notre-Dame de la Garoupe, desvendando assim alguns dos mais belos panoramas da região.

Passeios à volta das ilhas
Ricas de histórias e lendas, as ilhas St Honorat e Ste Marguerite situadas na baía de Cannes e separadas pela passagem de Frioul, formem o arquipélago das Ilhas de Lérins. Estas ilhas oferecem calmo e natureza num quadro selvagem e preservado. 
A descobrir:
• a ilha Ste-Marguerite: a floresta de pinheiros e de eucaliptos, o Forte Royal que abriga o museu do mar.
• a ilha St-Honorat que pertence à comunidade cisterciense: o Mosteiro fortificado, a abadia. 


O Parque Nacional de Mercantour e o Vale das Maravilhas
Último elo dos Alpes do Sul mergulhando no Mediterrâneo, o Parque nacional do Mercantour é um dos mais ricos espaços naturais de França pela sua biodiversidade.  
Este património excecional, que explica-se pela proximidade das montanhas com o mar e das influências climáticas tanto mediterrânicas, alpinas e continentais, dá a este território um caráter com uma grande diversidade.  
A sua riqueza biológica, o esplendor variado das suas paisagens, uma natureza reputada selvagem, sua riqueza cultura e histórica contribuíram largamente à atribuição do rótulo de "Parque nacional" em 1979, reconhecido no mundo inteiro como o mais alto nível de qualidade e de proteção dos espaços naturais notáveis. 

Dois guias técnicos editados pelo Conseil général des Alpes Maritimes propoem uma escolha de caminhadas para todos os níveis no Média e Alto País (só em língua francesa). O guia Randoxygène Moyen Pays e o guia Randoxygène Haut Pays.

Estadias e caminhadas são propostas por vários profissionais em www.cotedazur-montagne.com