Thierry Marx, uma cozinha criativa e inovadora

  • A sala do restaurante Sur Mesure por Thierry Marx

    A sala do restaurante Sur Mesure por Thierry Marx

    © Mandarin Oriental

  • Prato gastronómico

    Prato gastronómico

    © Mandarin Oriental

  • Risoni

    Risoni

    © Mandarin Oriental

  • Tourteau

    Tourteau

    © Mandarin Oriental

Thierry Marx, uma cozinha criativa e inovadora rue Saint-Honoré 75 Paris fr

Conhecido pela sua quiche lorraine líquida ou os seus merengues assados com azoto, Thierry Marx faz parte dos chefes os mais atípicos da paisagem gastronómica francesa. Após dez anos passados nos fornos do palácio Cordeillan-Bages no Médoc, dirige desde 2010 a restauração do hotel Mandarin Oriental, na rua Saint-Honoré em Paris. À mesa do Sur Mesure, vive uma experiência gulosa e sensorial como em nenhum outro sítio. 

Qual é a filosofia da sua cozinha?

Prazer e bem-estar. Tradição e inovação.

Do seu ponto de vista, quais serão as grandes tendências culinárias nos próximos anos?

Prazer, bem-estar e saúde.

O que pensa da influência dos food trucks em França?

Considero a street food como uma verdadeira alternativa à "comida de plástico" e sou assim muito feliz de ver cada vez mais food trucks de qualidade desenvolver-se em França.

Onde encontra a sua inspiração?

Principalmente na natureza mas também nas novas técnicas vindas da pesquisa realizada no CFIC (Centro Francês de Inovação Culinária).

Qual é a sua última experiência culinária notável em França?

O restaurante de Michel Bras em Laguiole.

Para uma pessoa que vem pela primeira vez à França, quais especialidades ou produtos gostaria de dar a conhecer? 

O pão.

Quais conselhos daria à um turista para uma experiência gulosa de sucesso durante a sua estadia em França?

A França é rica de uma grande diversidade: aconselharia ir pelo eixo norte/sul passando pela nacional e ir até aos mercados no máximo de regiões possíveis.