Aquitaine – As gulodices culinárias de Natal

Aquitaine – As gulodices culinárias de Natal

Aquitaine: as guinettes

Desde o início de Dezembro, em certas famílias, se perpetua a tradição das guinettes, graças às conservas de cerejas em aguardente durante a colheita de Junho.Cada cereja é colocada no estado líquido e depois junta-se ao chocolate derretido em lume brando, seguidamente colocado numa forma. Tudo é conservado com muito cuidado, antigamente era numa cave, hoje no frigorífico durante quinze dias, o tempo para o líquido transformar-se em álcool, e fazer a alegria dos especialistas em gastronomia no decorrer das festas.
 E também... 
Sobremesas de antigamente:
Tocha de castanhas Uma receita vinda do passado que será ainda mais saborosa se realizada com castanhas que terá colhido por si próprio…Primeiramente descasque as castanhas. Coloque-as para cozinhar dentro de 1 litro de leite, 1 casca de baunilha, 150 g de açúcar, durante 40 min. Em seguida passe as castanhas no triturador para obter a massa e despeje-a suavemente numa vasilha ou no prato. Numa tigela grande, bata o creme com o açúcar aromatizado e coloque por cima da massa. Cubra a tigela com creme Chantilly.

Simbologia:

A Estrela de Natal com castanhas e whisky

Derreta 250 g de chocolate em banho-maria. Fora do lume, acrescente 125 g de manteiga. Despeje a mistura com 400 g de creme de castanha aromatizada numa tigela, com 5 medidas de whisky. Arranje um molde em formato de estrela com um papel transparente. Despeje o creme, deixando-o de forma igual na superfície, e coloque no congelador por 3 horas. No momento de servir, salpique de cacau amargo e açúcar cristalizado.

Um doce original:

Em Ariège, fabrica-se santos de chocolate representando as seguintes especificações: o bethmalaise, habitante de Bethmale, citado e conhecido pelo seu queijo, o couseranaise, originário de Couserans, pequena região do departamento.