Caderno prático da região Champagne-Ardenne

Caderno prático da região Champagne-Ardenne

Cintilante!

O fruto das suas vinhas é tão famoso, que as bolhas da famosa bebida são a primeira coisa à qual pensamos quando evocamos esta região. Em Champagne, podemos começar a viagem pelas caves. Além das provas, aprende a história e o saber-fazer ligados a estes vinhos que têm por nome Pommery, Veuve-Clicquot, Ruinart...

Reims, a sua sumptuosa catedral ou o seu museu das Belas-Artes não devem fazer esquecer as aldeias de vinhateiros, divididos em três regiões: a Montanha de Reims, a costa dos Brancos e o vale do Marne. No total 35 000 hectares de vinhedos desenham a paisagem.

É muito diferente dos das Ardenas cobertas de florestas selvagens, povoadas de veados, de lebres e de javalis. Seguindo os anéis da Meuse; Monthermé, Revin, Fumay e Mouzon são etapas culturais ricas de museus, de arte religiosa, de castelos. Rende-se ao encanto da planície de Langres e não perca Troyes para as suas numerosas igrejas, o seu Museu de arte moderno e o museu consagrado ao pensamento operário, sem esquecer o Festival Internacional do Cartaz e das Artes Gráficas de Chaumont.

Os incontornáveis

- Reims e a sua catedral Notre-Dame, classificada no património mundial pela Unesco. - A rota turística do champanhe: 5 itinerários correspondentes a 5 vinhedos sobre 600 km. - Troyes, a capital histórica da Champagne. - Langres e as suas fortificações. - Sedan e o seu castelo forte, o maior de Europa:35 000 m2 sob 7 níveis. - O lago de Der-Chantecoq; com os seus 4 800 ha, é o maior lago artificial da Europa.- Hautvillers: pequena aldeia típica do Norte de Epernay onde Dom Pérignon foi mestre celeiro.- O castelo do Grand Jardin em Joinville.- A abadia de Clairvaux, fundada por Saint Bernard em 1115, alto lugar da cristandade na Idade Média.

Focus

"L'Estival des Hallebardiers"

Cada sexta-feira e Sábado do mês de Agosto, a cidade de Langres torna-se o decor à dimensão real de uma “visita-espectáculo histórica” através das suas ruas. Durante uma noite, os turistas misturam-se aos actores para fazer reviver a história da região.

Uma Cidade: Reims 

Reims e a consagração dos Reis de França.

A sua imponente catedral gótica, assim como o Palácio de Thau, e a Basílica de Saint Rémi, são classificados no património mundial da Unesco e merece a sua visita.

Antes de partir, poderá visitar as caves das grandes casas de champanhe (Veuve Clicquot, Taitinger, Mumm, Pommery) e provar este vinho tão particular.

A não perder:

- Catedral Notre Dame- Palácio de Tau- Basílica Saint Rémi e o Museu Abadia- Os museus: Belas-Artes, antigo colégio do Jesuites, hotel Le Vergeur…- A praça Royale

Caderno prático:

Acolhimento

Comité Régional de Tourisme Champagne-ArdenneBP 31951013 Châlons-en-Champagne CedexTel. +33 (0)3 26 21 85 80Fax. +33 (0)3 26 21 85 90Email: contact@tourisme-champagne-ardenne.comWeb:www.tourisme-champagne-ardenne.com

La ronde des Hallebardiers: Informações: +33 (0)3 25 90 77 40 ou no sítio: www.lachampagne.com

Meios de acesso> Aeroportos os mais próximos: Roissy-Charles de Gaulle e Orly (Paris)> Comboio: as cidades de Paris e Reims estão ligadas pelo TGV Est em 45 mn.Esta linha permite assim de ligar directamente o aeroporto de Roissy Charles de Gaulle e Marne La vallée (Disneyland Paris) em 30mn.> Auto-estradas: A4, A5, A26, A31, A34