O dia dos namorados e a linguagem das flores

O dia dos namorados e a linguagem das flores

Desde a antiguidade, as flores são associadas aos sentimentos amorosos. Já, no tempo do rei Salomon, a rosa era a flor símbolo de Amor e Romance e Cléopâtre cobria o solo de pétalas de rosas antes de receber Marco-António.

A tradição de oferecer flores para o Dia dos Namorados vem do final do século XVI. Aquando de uma recepção para São Valentim, dada por uma filha de Henri IV, cada jovem rapariga recebeu um ramo de flores das mãos do jovem homem que a tinha escolhido. Um costume persa já queria que a forma de um ramo de flores traduzisse a afeição, a atracção ou mesmo o amor.

Mas é Lady Mary Wortley Montague, a mulher do embaixador inglês de Constantinopla, que introduziu a linguagem das flores em 1718, na Europa. Para ela, tudo podia ser dito com flores: civilidades, amizade, paixão amorosa, censuras, ruptura…

Doravante cada um ou cada uma pode compor a sua própria mensagem de amor com flores, na mais pura tradição romântica.- Assim o tímido que não consegue declarar o seu amor poderá, com um ramo de violetas contar a sua bela o seu amor escondido- Enquanto que o apaixonado ao coração tenro irá oferecer íris- Para o Valentim que só vive para a sua cara-metade, uns malmequeres - E para o ardente de amor e de paixão, um ramo de rosas vermelhas- Uma mulher que recebe umas túlipas recebe uma declaração de amor- Enquanto que os gladíolos servem para marcar um encontro- O fervor de um amor é evocado pela orquídea- O ardor de um amor é simbolizado por uns cravos- O desejo pela boca-de-lobo- O amante feliz de amar enviará à sua parceira uma azálea- O puro, um ramo de lis,- E o sincero, umas peónias- No âmbito do casamento, a hera simboliza a fidelidade- Enquanto que o lótus anuncia um nascimento- Mas a flor sagrada da maternidade continua a ser o lilás, flor de Hera, deusa da mulher e das crianças.- Podem também enviar críticas com ranúnculos.- Dizer as suas dúvidas com ervilhas de cheiro- Ou acabar galantemente com ártemis.

Oferecer flores pode revelar muitas coisas. Por isso não se engana com a sua linguagem.Saibam por último que cada mês tem a sua flor, assim como cada dia: a flor de Fevereiro é a álcea-rósea e do 14 de Fevereiro é o crocus.