Informações sobre o Coronavirus COVID-19 : a situação na França

Recomendações, medidas sanitárias, viagens: consulte as recomendações da Embaixada da França.

Visitantes

A entrada na zona europeia assim como a circulação fora dela são proibidas. Uma reavaliação será realizada em nível europeu no dia 15 de junho.

Medidas de confinamento durante 14 dias ou isolamento poderão ser aplicadas para pessoas que entram no território e não vêm do espaço europeu.

As viagens entre a França Metropolitana e os territórios ultramarinos continuam restritas a motivos profissionais ou pessoais imperativos.

Saiba mais : site do Ministério da Europa e dos Negócios Estrangeiros. (Link externo)

Os estrangeiros que estão atualmente na França são requisitados a entrar em contato com a embaixada, a companhia aérea e, se aplicável, a empresa que organizou a viagem (agência de turismo, agência de viagens).

Informações em caso de cancelamento ou adiamento :

Medidas em território francês

Após um período de confinamento entre os dias 17 de março e 10 de maio, novas medidas estão em vigor no território francês desde o dia 11 de maio, por etapas de desconfinamento sucessivas.

Etapa de desconfinamento do dia 2 até o dia 21 de junho

Vale lembrar que as medidas em vigor durante esta etapa se aplicam a todo o território francês classificado como zona verde. Restrições adicionais estão em vigor na Ile-de-France, Mayotte e Guiana Francesa, classificadas como zona laranja.

  • Suspensão das restrições de circulação em todo o território: é possível viajar por todo o país, inclusive no território ultramarino, sem certificado.

  • Reabertura dos parques e jardins, lagos e praias.

  • Reabertura dos principais museus e monumentos em todo o território. O uso de máscara é obrigatório. Reabertura de parques de lazer e ao ar livre nas zonas "verdes", com capacidade máxima de 5.000 pessoas, e no dia 22 de junho nas zonas "laranja". O mesmo se aplica aos teatros e casas de espetáculo, a partir do dia 2 de junho nas zonas "verdes", com regras estritas de distanciamento social, e no dia 22 de junho nas zonas "laranja".

  • Cinemas e acampamentos de verão poderão ser reabertos a partir do dia 22 de junho em todo o território francês. As discotecas e salas de jogos permanecem fechadas pelo menos até esta data.

  • Restaurantes, cafés e bares reabrem em todo o território em conformidade com o protocolo sanitário (uso de máscara ao circular pelo estabelecimento, distanciamento de um metro entre mesas, reserva de mesas de no máximo 10 pessoas), exceto nas zonas "laranja" onde, até o dia 22 de junho, somente os terraços estão autorizados a receber o público. Na zona "laranja", é permitida a abertura de hotéis somente com serviço de quarto.

  • A hospedagem coletiva (residências turísticas, clubes de férias, acampamentos...) reabre em todo o território em conformidade com o protocolo sanitário, exceto na zona "laranja", onde é necessário esperar até o dia 22 de junho. Para os hotéis, novas regras sanitárias também entram em vigor a fim de oferecer aos clientes condições seguras de recepção e hospedagem.

  • A prática de esportes individuais é permitida, mas a prática de esportes coletivos continua proibida.

  • A organização de grandes festivais, eventos esportivos e encontros de mais de 5.000 pessoas está suspensa até pelo menos setembro. São autorizados eventos para até 5.000 pessoas em áreas ao ar livre, e em áreas cobertas sujeitas ao cumprimento de regulamentos sanitários específicos.

  • O uso de máscara é obrigatório nos transportes públicos onde podem ser aplicadas medidas de distanciamento social (um assento livre entre cada passageiro nos metrôs e ônibus parisienses, por exemplo). Em Paris, é proibido o uso do transporte público em horários de pico, exceto por motivos profissionais ou pessoais imperativos. Veja os sites da SNCF (Link externo) e RATP (Link externo) .

  • O uso de máscara é obrigatório nos táxis e aplicativos de transporte.

  • Proibição de fazer escala para navios de mais de 100 passageiros com destino à Córsega; e parar ou ancorar nas águas internas e nas águas territoriais dos departamentos e arquipélagos (ilhas de Guadalupe, Martinica, Reunião, Polinésia Francesa), bem como Saint-Barthélemy e Saint-Martin, Saint-Pierre-et-Miquelon e Wallis-et-Futuna, exceto derrogação concedida pelo representante do Estado competente para essas mesmas comunidades.

  • Uma reabertura progressiva está prevista a partir do dia 11 de maio, exceto para as universidades que permanecerão fechadas até o verão.

  • Os franceses também são fortemente encorajados a usar o teletrabalho quando possível, e a praticar horários escalonados para não gerar tráfego no transporte.

  • Vale lembrar que o uso de máscaras pode ser imposto em determinadas áreas a pedido dos prefeitos.

Quais são as medidas a serem respeitadas para limitar a propagação do coronavírus?

Existem formas simples para proteger sua saúde e as pessoas ao seu redor:
• Lave as mãos muito regularmente;
• Tussa ou espirre no cotovelo;
• Use lenços descartáveis e descarte-os;
• Cumprimente sem apertar as mãos, evite beijar;
• Use uma máscara quando estiver doente.