"O país de Grasse é a Meca da perfumaria!"

Marc-Antoine Corticchiato fundou sua casa, Parfum d'empire, em 2002. Mesmo seu laboratório sendo localizado em Paris, certamente este amante de plantas procura o sul. Na direção da cidade de Grasse, em Côte d'Azur, ele recebe suas matérias-primas naturais, e também de Córsega, sua ilha natal. Duas de suas recentes criações, “Corsica Furiosa” e “Tabac Tabou”, foram eleitas "as melhores fragrâncias de marca de nicho" em 2015 e 2016 no Fifi Awards, que é considerado como o“Oscar” dos perfumistas.

O conhecimento sobre o perfume no Pays de Grasse acaba de ser inscrito na lista do patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO. Que consagração!

Marc-Antoine Corticchiato: "Este reconhecimento é bem merecido!". Existem casas ancestrais em Grasse, que possuem uma experiência única no cultivo de plantas para a criação e confecção de perfumes. Valorizar essa tradição é um grande orgulho para todos os envolvidos na perpetuação desta incomparável reputação global. "

Ainda existem flores em Grasse produzidas localmente?

M-A.C. : "Sim, é claro, os jovens agricultores reavivaram o cultivo das famosas flores de Grasse: a rosa centifolia, o jasmim, o violeta, a íris, o lírio, a tuberosa, e a flor de laranjeira. Mas é verdade que a maior parte da produção vem de outros lugares. Hoje, as casas de Grasse possuem ou exploram milhares de hectares de campos ao redor do mundo, na Índia, Marrocos, Egito, Indonésia ou em Madagascar. As plantas são, em grande parte, processadas já no local, exceto aquelas que suportam o transporte, como as resinas de incenso, mirra, sementes e flores secas. "

Os seus perfumes são criados em seu laboratório parisiense. Que lugar “Grasse” ocupa em sua atividade?

M-A.C. : "Grasse ocupa um lugar essencial.Lá tem as melhores casas do mundo para estocar as matérias-primas naturais, com catálogos de incrível riqueza. Para fazer perfumes, não só precisamos de produtos de alta qualidade, mas, também, de qualidade e produção constante. As casas de Grasseasseguram esse conhecimento. Grasse, é a Meca da perfumaria”!

Seus perfumes são feitos exclusivamente de matérias-primas naturais?

M-A.C. : "Não, de jeito nenhum! Desde o final do século XIX, a chamada perfumaria moderna, desenvolvida por Ajaccien François Coty, consiste em misturar extratos de plantas ou animais e moléculas sintéticas, que podem existir na natureza, como a menta ou vanilina – estamos falando de moléculas de "natureza idêntica" –podendo ser inventados por químicos para criar novos aromas. Todos os criadores usam moléculas sintéticas para intensificaro perfume à sua disposição ".

Como é a criação de seus perfumes?

M-A. C.: "Para criar um perfume é necessário contar uma históriae, então, expressá-la na pele. Na origem das minhas criações, muitas vezes há uma experiência de vida, algo pessoal. Tenho em mente uma nota olfativa, intelectual, que procuro transcrever em uma folha de papel. Começo os experimentos com algumas matérias-primas simples, que dão a alma ao corpo do perfume: sua essência. Em seguida,misturo com dezenas de outras. É como um compositor de música, que tem uma sinfonia em sua cabeça , onde ele está tentando transcrevê-las em partituras. Eu transcrevo minha fórmula em um computador e depois crio uma amostra no laboratório ".

A partir dessa fórmula inicial, são feitos muitos testes?

M-A. C.: "Centenas!" Depois de cada sessão olfativa, modificamos a fórmula, depois sentimos novamente os aromas, em seguida, comparamos, e repetimos o processo de novo, e de novo, e de novo. Para se criar um perfume, é preciso estudar muito. É necessário testar os aromas em uma garrafa, na pele, sozinho, com os outros, até chegar ao produto final. De acordo com especialistas do cérebro, aqueles que usam seus olfatos diariamente, isto é, enólogos e perfumistas, desenvolvem habilidades cerebrais muito especiais ".

Os perfumistas acabam se desconectando das plantas?

M-A. C.: "Alguns, sim, mas não eu!" Antes de fundar o Perfum d'Empire, em 2002, trabalhei por muito tempo em um laboratório de pesquisa focado na análise de plantas de perfume e seus métodos de extração. Eu também fiz uma especialização em aromaterapia. Eu tenho esse conhecimento íntimo sobre a planta natural. Desde que eu era criança, o cheiro de plantas é o que me intriga, é o que eu gosto, e é o que me faz vibrar ".