Agora na França

A NÃO
PERDER 

Festivais, exposições, concertos ou outros eventos… Em France.fr, tal como em toda a França, há sempre alguma coisa acontecendo.

O Que Fazer?

Visite
a França 

Visitar lugares culturais excecionais ou fazer caminhadas nas montanhas. Um passeio a dois pela rota dos vinhos ou um cruzeiro com as crianças… Que viagem gostaria de fazer pela a França desta vez?

Fundação Carmignac: uma jornada no interior de Porquerolles

Charles Carmignac e o trabalho "Grüner Strich" de Gerhard Richter.
Vinte anos atrás, Edouard Carmignac se apaixonou pela fazenda La Courtade em Porquerolles. No dia 2 de Junho de 2018, seu filho mais velho, Charles, abriu as portas da Fundação Carmignac para apresentar ao público a coleção de seu pai. Para participar deste evento, você terá que pegar o barco, atravessar a vegetação rasteira, caminhar entre os vinhedos e as antigas oliveiras, sentindo o aroma contagiante dos eucaliptos. Uma experiência única espera por você.
Maurizio Cattelan, "Untitled", 1998

O grande objetivo desta viagem está na coleção de seu pai. O que caracterizaria esta coleção?

É uma coleção muito pessoal, consistindo principalmente de obras pós-guerra, Pop Art e seus artigos favoritos. Em sua coleção, encontramos um tom de humor e sarcasmo. Essas obras são caracterizadas por um impulso vital, capaz de despertar o olhar do visitante. A mensagem é: "Abra os olhos e vejaoque está por detrás de tudo, assim você se conectará melhor com otodo"

A ilha de Porquerolles.

A experiência do visitante começará antes mesmo de chegar à ilha de Porquerolle: O que podemos dizer sobre esta primeira etapa da viagem?

A belíssima travessia e o caminho que o viajante percorrerá tornará a jornada repleta de sossego e alívio.Assim que se atravessa o mar chegando à ilha, há uma impressão de libertação extraordinária, parada no tempo e do espaço. Saímos de nossas vidas cotidianas para vivenciar esta ilha. A sensação de uma força misteriosa de transformação nos traz em contato com as obras de arte. Sozinho em frente à uma obra de arte, ao anoitecer, tudo pode acontecer...

Domaine de La Courtade.

Como o seu projeto arquitetônico se encaixa na paisagem?

O museu está escondido debaixo da casa. De repente, o espaço se expande, revelando 1.500 m² de exposição em vários andares. Graças à um jogo de luz e espaço, não sentimos que estamos no subsolo. Você encontrará também dois parques de esculturas: ao norte, um labirinto, cabanas e obras misteriosas que levam à introspecção; no sul, a exposição de faces e bustos no percurso convidam o visitante à perplexidade.

Jean-Michel Basquiat, "Anjo Caído", 1981

Em que estado de espírito devo chegar à ilha?

Questão curiosa ... É como se o tempo parasse, pronto para vivenciar o desconhecido, meditar no jardim, conversar com seu companheiro ou companheira...
Os diferentes ambientesda casa certamente contribuem para estes momentos especiais.

Gerhard Richter, "Abstract bild (pintura abstrata)", 2009

Como a visita começará?

É pedido ao visitante para tirar seus sapatos e depois oferecem-lhe uma bebida preparadacom plantas medicinais cultivadas no local. Este ritual de boas-vindas criará para cada visitante as condições ideais para se abrir ao desconhecido. Este é o conceito de estar no meio do oceano: um momento de muita graça, uma experiência mística, onde a alma mergulha em algo imenso e extraordinário.

Vá para a ilha de Porquerolles 

Em Hyères, a ilha de Porquerolles se encontra após um passeio de barco de 15 minutos. No local, os visitantes circulam a pé ou de bicicleta. A Fundação Carmignac está localizada na propriedade La Courtade, a 10 minutos a pé do porto.