Ilhas de Wallis-et-Futuna: o que fazer, o que ver…

Tendo sido os últimos territórios a pertencer à República Francesa, as ilhas de Wallis e Futuna esperam por si entre a Nova Caledónia e a Polinésia Francesa, no meio do Oceano Pacífico. Sendo um destino ainda pouco conhecido, seja das primeiras pessoas a descobrir estas terras vulcânicas e paradisíacas.
O QUE VERO
  • O monte Lulu Fakahega
  • O monte Puke
  • A rota costeira de Wallis
  • A ilha de Alofi
  • A rota costeira de Futuna
  • O lugar de Talietumu
  • O lugar de Tonga Toto
  • A igreja de Saint-Joseph
  • O santuário de Saint-Pierre Chanel em Poi
  • A catedral de Mata Utu
O QUE FAZER
  • Trabalhar os bíceps nas viagens de piroga na ilha de Nukuteatea
  • Recolher-se com toda a tranquilidade na gruta de Loka
  • Beber um kava com os habitantes locais ao cair da noite
  • Vibrar ao ritmo do soamako
  • Participar numa cerimónia katoaga
  • Viver um mergulho mágico e relaxar nas praias desertas de Nukuhione e Nukuhifala
  • Mergulhar na água salgada do lago da cratera Lalolalo
  • Encher a vista navegando num barco à vela na lagoa
  • Observar as milhares de cores da lagoa de Wallis em ULM
  • Jogar à petanca (lipulu) com as crianças de Futuna

Para mais informações:

Como chegar a Wallis e Futuna