Festival das Luzes: 8 instalações para ter uma vista completa

Antes de mergulhar no halo luminoso da edição de 2018 do Festival das Luzes, que iluminará Lyon de 6 à 9 de Dezembro, o France.fr promove as instalações mais espetaculares dos últimos anos. Esta é a oportunidade de (re) descobrir os lugares emblemáticos da cidade sob uma nova perspectiva.
"Vamos dar um passeio", 2017

O coletivo TILT transforma a Place Bellecour em um gigantesco jardim de luzes em estilo francês, e oferece aos visitantes uma nova inspiração paraseus passeios noturnos. Assim, encontramos peônias gigantes, gramíneas selvagens e outras plantas raras sob o olhar de Luís XIV, cuja estátua no centro da praça é coberta por uma capa luminosa.

"Favoritos", 2016

Esta instalação participativa é uma obra de Franck Pelletier e Les Allumeurs. Um coração inflável, localizado em frente ao Teatro Celestino, captura o batimento cardíaco dos espectadorescomo simples toque de suas mãos, antes de piscar fortementecom a sincronia deoutros diferentes ritmos cardíacos. Uma verdadeira declaração de amor à cidade de Lyon.

"Sentimentos", 2015

Em 2015, o curso do evento foi interrompido pelos ataques que atingiram a capital algumas semanas antes. Com este trabalho,“Sentimentos”, de Daniel Knipper, a cidade presta homenagem às vítimas do atentado. Olhos familiares extraídos de pinturas de grandes artistas como Botticelli, Matisse e Warhol,correm pelos monumentos da colina Fourvière. Os nomes das vítimas dos ataques também são exibidos nas fachadas do cais.

"Njörd, o espírito do vento", 2014

Uma pausa poética nos pátios da prefeitura, que é transformada para a ocasião em um santuário efêmero onde assistimos à um ballet de penas que se movem sob o efeito do vento dentro de grandes monólitos transparentes. Um trabalho de Kimi Do, Wilfried Della Rossa e Thomas Mathieu.

"Espaço Chinês", 2013

Como resultado da colaboração entre a cidade de Lyon,Xi'an e Guangzhou, na China, esta instalação concebida pelo artista Li Li e sua equipe “Estúdio 3003” oferece uma viagem luminosa, imaginária, entre sonho e realidade, passado e presente. Um teatro de sombras chinês, uma floresta de lanternas e flores de lótus pontilham o lago do parque Tete d'Ore proporcionam uma experiência fantástica aos seus visitantes.

"Destaques", 2012

Os artistas Hélène Richard e Jean-Michel Quesne homenageiam à “luz” com um espetáculo imersivo em cinco pinturas projetadas nas fachadas da Place des Terreaux. Uma instalação que mistura os efeitos de espelho e feixes de luz sob os temas: herança, história e seus símbolos.

"Eu amo as nuvens", 2011

Este vôo luminoso sobre a estátua de Luís XIV, na Place Bellecour, é obra do artista Jacques Rival.

"A fonte da luz", 2010

Não é mais a água, mas sim a “luz” que brota da fonte da Place des Jacobins. Um sistema de cascatas luminosas criado pelo artista Fabrice Oudin, onde ele reproduz o movimento, a matéria, e os reflexos da água no monumento seco. Uma verdadeira representação de sonho em que peixes luminosos vivem de bolhas translúcidas.

Saiba mais:
O Festival das Luzes (Link externo)
Prepare a sua estadia em Lyon (Link externo)
Descubra a edição de 2018 do Festival das Luzes
• Experimente o Festival das Luzes durante o ano todo no Mini World (Link externo), o parque de miniaturas animadas em Lyon, que foi inauguradodia 20 de Dezembro de 2018.Um novo universo dedicado à ‘Luz”.