Jardins às margens do Sena ... Respire Paris!

Sinta a brisa do verão na esplanada de um bar, deite-se ao sol nas margens do Sena, atravesse os bulevares do jardim do Luxemburgo. Muitos momentos ao ar livre em Paris, planeados ou improvisados. O céu, as árvores, a água; descontraímo-nos.

Não pensamos necessariamente em Paris pelos seus espaços verdes ou canais. No entanto. Venha dar um passeio pelo cais do canal de Ourq ou do canal de Saint-Martin no final do dia, e ficará surpreendido com a sua atmosfera festiva que reina por lá à mercê de encontros espontâneos. Alguns pensaram em tudo: a toalha de mesa e branca e vermelha, um camembert e um bom vinho, para um piquenique tipicamente parisiense.

Buttes de Chaumont, Tuileries, Champs de Mars, Jardim do Luxembourg ...

É necessário passear pelas ruas de Paris, dos grandes jardins até às pequenas praças, das fontes aos mercados, para experimentar todas essas oportunidades de viver a capital no ar livre, como os seus habitantes.

Quer fazer o seu "jogging" entre árvores centenarias, lagos e canteiros de flores?
Vá os numerosos jardins, nos quatro pontos cardeais da cidade, do parque Montsouris no sul, ao Buttes de Chaumont no norte, passando pelas Tuileries, Campo de Marte e Luxemburgo no centro. Sem mencionar os dois pulmões de Paris, a floresta de Vincennes a leste e a floresta de Boulogne, no oeste. Espaços para inspirar e expirar num ambiente verde.

Procurar um tesouro no mercado de Saint-Ouen ou fazer uma viagem de barco

O menos desportistas pode optar por uma caminhada, um passeio de barco e até ... um jogo de petanca. Uma atividade que evoca irresistivelmente o sol, e que não é só jogada no sul da França. Nesta bela estação, também passeamos em busca de antiguidades no "marché aux puces" de Saint-Ouen para descobrir um candeeiro Art Déco ou uma cómoda vintage.
Tem vontade de compartilhar e de fazer descobrimentos culturais?
Os festivais ocorrem durante todo o verão: escolha concertos ou cinemas ao ar livre. Deixe-se levar, em Paris respiramos ...

Paris