Pirineus: 6 estadias ‘incomuns’ na neve

Neste inverno nas montanhas, vamos sair do ordinário e nos hospedar em locais incomuns e esquecer a civilização.

Para ajudar a planejar suas inesquecíveis férias de esqui, encontramos seis opções de hospedagem, todas radicalmente diferentes (e que atenderá a todos os gostos!).

Hospedar-se em um celeiro alpino, como um fazendeiro, em Bolquère

Na montanha a uma altitude de 1.650 metros, dez autênticos celeiros alpinos conservados com toras de madeira,foram transformados em uma hospedagem ultra-aconchegante. Chalets Secrets é uma verdadeira vila com spa, jacuzzi, terraço solário e mesa gastronômica. Aqui, a decoração é feita com camadas de madeira de larício velho, ardósia crua e peles de animais, e oferece um ambiente bastante especial. O charme histórico do passado em versão luxuosa, oferece acesso à algumas pistas de esqui: Pyrénées 2000 e Font-Romeu.

Dormir nas árvores, como os esquilos, no Grand Tourmalet

Quem já não sonhou em dormir em uma cabana nas árvores e escutar o som do vento assobiando? Eis uma experiência para viver no meio da neve, nas cabanas de Payolle em Grand Tourmalet. Em formato hexagonal ou cilíndrico, três ‘ninhos’ aconchegantes, com capacidade para 2 à 8 pessoas, estão suspensos a vários metros acima do solo, com uma paisagem de tirar o fôlego. O almoço em uma cesta será erguido para o terraço...

Passar a noite em uma estação científica, como um astrônomo, no Pic du Midi

Instalado a 2.877m acima do nível do mar e acessível por teleférico, o “Observatório” do Pic du Midi de Bigorre abre suas portas. Descubra as galáxias na companhia de astrônomos! Experimente o jantar gourmet com vista para o céu puro iluminado pela constelação Grande Urso. Os sortudos podem até passar a noite em um dos 15 quartos com camas elevadas para se observar as estrelas e o nascer do sol ao amanhecer (momento onde o panorama coberto de gelo resplandece até o infinito).

Alojar-se em um iglu, como um esquimó, em Font-Romeu

O que pode ser mais exótico do que passar a noite em um iglu com a família ou amigos? Primeiro vestimos os sapatos especiais para a neve em Puymorens e, em seguida, construímos um iglu e aprendemos as estratégias de sobrevivência na neve. Depois de uma refeição quente, servida em uma cabana próxima, aquecerás teu corpo em um aconchegante saco de dormir, com a mente repleta de histórias de caçadores. O programa do dia seguinte inclui snowshoeing (caminhadas com equipamentos especiais) em vales suspensos, florestas profundas e um lago congelado.

Refugiar-se em uma tenda, como um caçador, em Gourette

No vale de Ossau, a ‘Aventure Nordique’ oferece um dos refúgios mais incríveis. Qual o conceito? Dormir em plena neve em um Snow Pod, que são uma espécie de grandes barris de madeira adaptados para oferecer um aconchegante ninho para dois, ou em um Wild Dome, que são cúpulas geodésicas interessantes instaladas em um terraço de madeira com uma vista uma espetacular. A experiência é acompanhada por caminhadas noturnas (snowshoeing), jantar festivo, banho nórdico a 38 °, descidas de Snake Gliss, e trenós (luges) interligados para formar um pequeno trem.

Dormir em uma cabana, como um pastor de ovelhas, no Vale de Ossau

Aqueles que sonham em se ‘desconectar’ do mundo irão para a bela vila de Laruns, no coração do Vale Ossau. Acompanhado por um monitor, poderás fazer um passeio de snowshoe até o Parque Nacional dos Pirineus, seguindo o rastro de animais selvagens da montanha como os furões martens e as cabras isards, e finalizar o dia se aquecendo debaixo de um aconchegante edredão de penas em uma cabana tradicional de pastor perdida na mata: a cabana de Arregatiou. Momentos mágicos para compartilhar com a família ou amigos.